Skip to main content

Com suítes de até 74m2, o Hiu Hotel estreia em Juquehy, a poucos passos do mar, com piscina, serviço de praia e todas as comodidades contemporâneas

Sol, mar e sossego. Para quem busca essa combinação, perto de São Paulo, a praia de Juquehy, a 154 km da capital, é perfeita para uma escapada “pé na areia”. Com areia branquinha e trechos de Mata Atlântica, a praia de pouco mais de três quilômetros de extensão atrai casais, famílias e surfistas.

A minha dica de hospedagem em Juquehy é o recém-inaugurado Hiu Hotel, a 150 metros da praia. Uma localização perfeita para quem quer tranquilidade, não muito longe do mar e do agito do centrinho repleto de bares e restaurantes.

Recentemente reformado, a partir de uma pousada da família, que funcionou ali desde a década de 1980, o hotel foi repaginado, para oferecer um novo patamar de luxo e modernidade, voltado para casais. Antes, eram 23 suítes, agora são 17, maiores e diferentes entre si. As acomodações se dividem em oito categorias, em dois andares, em volta da piscina, azulzinha de dia e super iluminada à noite. 

Sobre os quartos

As suítes são incríveis e tão espaçosas quanto um apartamento. Ficamos em uma das Suítes Hiu, no piso superior, com 70 m2, com saleta, duas varandas, cama queen-size, menu de travesseiros, chuveiro de ducha dupla e uma banheira super charmosa, estilo Betty Boop, dentro do quarto. Detalhe: todas as suítes têm mini bar incluso na diária, máquina de Nespresso e amenidades de banho francesas L’Occitane ou Damana. 

Outro diferencial é que, ao confirmar a reserva, você pode customizar alguns ítens e serviços. Como por exemplo as bebidas favoritas, escolhendo a marca da cerveja e da água, por exemplo. O café-da-manhã também pode ser personalizado, de acordo com preferências e restrições alimentares. Servido à la carte, vai até às 11h, em um salão com vista para a piscina, ladeada por gazebos e lounges. 

A área da piscina é o melhor lugar para desfrutar dos bons drinks do Bar, que também oferece um saboroso menu de petiscos e uma seleção de espumantes e vinhos, como o rosé Irene Antonietta, da Serra Gaúcha. Diante das inúmeras opções gastronômicas de Juquehy, o Hiu optou por não ter um restaurante, mas oferece uma deliciosa carta de massas artesanais.

Onde comer em Juquehy

Para quem procura um peixinho fresco, ou uma moqueca, o Restaurante do Pascoal, na mesma rua do hotel, é uma boa pedida. Na praia, a sugestão de restobar é o Badauê, com mesas ao ar livre, petiscos com sabor de mar e caipirinhas fenomenais. A caminho do centro, na avenida Mãe Bernarda, também descobrimos e adoramos a Soul Hops, uma pequena cervejaria artesanal, com cadeiras de praia na calçada, que vale um pit stop

Serviço de praia e Spa L’Occitane

O Hiu Hotel tem ainda um serviço de praia com garçom e até um transfer em um carrinho de golf, o “Canarinho”, que pode ser solicitado também para ir a restaurantes e passeios noturnos. Os hóspedes contam ainda com o menu wellness Spa L’Occitane. A começar por um escalda-pés cortesia, com sais e ervas, na chegada ou ao longo da estadia. 

Depois de conhecer o Nau Royal, em Camburi, e o Maui, em Maresias, do mesmo grupo, em praias vizinhas, posso dizer que o Hiu Hotel, em Juquehy, completa lindamente a trilogia, com o mesmo padrão de bom gosto e atenção aos detalhes que fazem da estadia uma experiência inesquecível. 

Vá lá: 

www.hiuhotel.com.br

m.facebook.com/restaurantedopascoal1

www.restaurantebadaue.com.br

@soulhops

Rosane Queiroz

Sobre Rosane Queiroz

Uma caçadora de histórias e maravilhas. Jornalista, escritora, cantora, viajante, cozinheira, sempre em busca da próxima descoberta: o sabor de um novo prato, uma vista incrível, um aroma inesquecível. Rosane Queiroz foi editora da revista Marie Claire e da revista de bordo da GOL. É autora de "Musas e Músicas –A mulher por trás da canção" (ed. Tinta Negra), livro em que conta quem são as musas inspiradoras de canções da MPB com nomes femininos. Na coluna Os Cinco Sentidos, compartilha experiências colhidas em suas andanças e viagens, com os cinco sentidos bem abertos. @rosanequeiroz